Scielo RSS <![CDATA[Revista Pan-Amazônica de Saúde]]> http://scielo.iec.gov.br/rss.php?pid=2176-622320180004&lang=pt vol. 9 num. 4 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://scielo.iec.gov.br/img/en/fbpelogp.gif http://scielo.iec.gov.br <![CDATA[Redes de colaboração em pesquisa e intercâmbio de conhecimento científico]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232018000400007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Ciência no desterro: a saga de Ramón Carrillo em Belém, estado do Pará, Brasil]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232018000400013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Ramón Carrillo (1906-1956), importante médico argentino, professor, cientista, sanitarista e Ministro da Saúde, durante o governo Perón, na Argentina, trouxe uma nova visão de saúde pública para a América Latina. Com a queda do peronismo, em 1955, exilou-se na cidade de Belém, estado do Pará, Brasil, onde viveu por cerca de um ano até o seu falecimento. Este artigo buscou mostrar quais atividades desenvolveu na capital paraense, considerando-se que algumas de suas biografias pouco tratam dessa etapa de sua vida.<hr/>ABSTRACT Ramón Carrillo (1906-1956), an important Argentine physician, professor, scientist, health scientist and Minister of Health under the Perón administration, in Argentina, brought a new vision of public health for Latin America. With the fall of the Peronism, in 1955, Carrillo was exiled in the city of Belém, Pará State, Brazil, where lived for about a year until his death. This article shows what activities he developed in the capital of Pará, considering that some of his biographies do not report properly this stage of his life. <![CDATA[Perfis de infecção do vírus Mayaro e do vírus Chikungunya em linhagens de células de mamíferos e mosquitos]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232018000400025&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT OBJECTIVE: To trace the infection profile of Mayaro virus (MAYV) and Chikungunya virus (CHIKV) in four different cell lineages. MATERIALS AND METHODS: The isolates of these viruses were used to infect cultures of the following cell lineages - C6/36, VERO, BHK-21, and LLC-MK2 - under the multiplicity of infection of 1 PFU/cell, which were monitored for up to 96 h post-infection (hpi) by phase-contrast microscopy to register the cytopathic effect (CPE); and in addition were subjected to indirect immunofluorescence (iIF) and quantitative reverse transcription polymerase chain reaction (qRT-PCR) assays for virus antigen detection and RNA load determination, respectively. RESULTS: For both viruses, VERO and BHK-21 cells had CPE of 24 hpi, LLC-MK2 cells presented CPE from 48 hpi, and C6/36 did not present any CPE. In the iIF assays, all cells were already positive at 6 hpi, with the exception of CHIKV-infected LLC-MK2 and BHK-21 cells. Finally, qRT-PCR assays showed that in general cells infected with MAYV presented higher RNA load, although CHIKV-infected LLC-MK2 cells showed the highest RNA load. CONCLUSION: By evaluating the behavior of these arboviruses in different types of cell cultures, including some not commonly used in the laboratory diagnostic routine, the present study provides not only a better comprehension of the replication kinetics of MAYV and CHIKV, but also opportunities for the optimization of their diagnosis in biological samples.<hr/>RESUMO OBJETIVO: Traçar o perfil infeccioso do vírus Mayaro (MAYV) e do vírus Chikungunya (CHIKV) em quatro diferentes linhagens de células. MATERIAIS E MÉTODOS: Os isolados desses vírus foram utilizados para infectar culturas das seguintes linhagens celulares - C6/36, VERO, BHK-21 e LLC-MK2 - sob a multiplicidade de infecção de 1 PFU/célula, as quais foram monitoradas por até 96 h pós-infecção (hpi) por microscopia de contraste de fase para registrar o efeito citopático (CPE); e, em seguida, foram submetidos a ensaios de imunofluorescência indireta (iIF) e reação em cadeia da polimerase de transcrição reversa quantitativa (qRT-PCR) para detecção de antígenos virais e determinação da carga de RNA, respectivamente. RESULTADOS: Para ambos os vírus, as células VERO e BHK-21 apresentaram CPE de 24 hpi, as LLC-MK2 apresentaram CPE a partir de 48 hpi e as C6/36 não apresentaram qualquer CPE. Nos ensaios de iIF, todas as células já se tornaram positivas a 6 hpi, com exceção das células LLC-MK2 e BHK-21 infectadas com CHIKV. Finalmente, os ensaios qRT-PCR mostraram que, em geral, as células infectadas com MAYV apresentaram aumento da carga de RNA, embora as células LLC-MK2 infectadas pelo CHIKV tenham apresentado a maior carga de RNA. CONCLUSÃO: Ao avaliar o comportamento desses arbovírus em diferentes tipos de culturas de células, incluindo alguns não comumente utilizados na rotina do diagnóstico laboratorial, o presente estudo fornece não apenas uma melhor compreensão da cinética de replicação de MAYV e CHIKV, mas também oportunidades para a otimização de seu diagnóstico em amostras biológicas. <![CDATA[Percepções de portadores de hanseníase sobre as reações hansênicas e o cuidado de si]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232018000400037&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO OBJETIVOS: Conhecer as percepções do portador de reações hansênicas sobre essas manifestações, analisar as práticas de cuidados de si adotadas pelos portadores das reações hansênicas e discutir a relação entre tais percepções e o cuidado de si como um indicador para o cuidado. MÉTODOS: Utilizou-se uma metodologia exploratória descritiva com abordagem qualitativa. Foram entrevistados 11 participantes em tratamento para reação hansênica. Para as análises textual e lexical do conteúdo das entrevistas, foi utilizado o software IRaMuTeQ, e, posteriormente, o conteúdo foi submetido à análise de conteúdo. RESULTADOS: Emergiram três categorias temáticas: as reações hansênicas e suas consequências na percepção de seus portadores; o cuidado de si frente às reações hansênicas; e o indicativo para o cuidado. Quanto às práticas de cuidado de si, essas foram analisadas a partir da ótica de Foucault, onde os participantes demonstram preocupação consigo, superando a falta de conhecimento. CONCLUSÃO: As reações hansênicas foram percebidas como modificações físicas, alterando a aparência de todo o corpo, dolorosas e que limitam as atividades cotidianas, além de provocar uma ruptura com os laços sociais. Identificou-se que o cuidado de si engloba ações individuais e coletivas, de autoconhecimento e de conhecimento do contexto, e também de aprendizado de valores e princípios sociais que ajudam a superar os desafios das reações hansênicas.<hr/>ABSTRACT OBJECTIVES: To know the Hansen's disease patient perceptions of the leprosy reactions, to analyze the self-care practices adopted by those with those reactions, and to discuss the relationship between these perceptions and the self-care as an indicator of care. METHODS: A descriptive exploratory methodology with a qualitative approach was used. A total of 11 participants in treatment for Hansen's disease reactions were interviewed. For the textual and lexical analysis of the content of the interviews, the software IRaMuTeQ was used, and, later, it was submitted to content analysis. RESULTS: Three thematic categories emerged: Hansen's disease reactions and their consequences in the perception of patients; the self-care toward the reactions; and the indicative for the care. The self-care practices were analyzed according to Foucault, and the participants showed concern about themselves overcoming the lack of knowledge. CONCLUSION: Hansen's disease reactions were perceived as physical changes, changing the whole body appearance, painful limiting daily activities, and rupturing social bonds. It was found that self-care encompasses individual and collective actions, self-knowledge and knowledge in context, as well as learning of values and social principles that help overcome the challenges of Hansen's disease reactions. <![CDATA[Análise do Programa de Controle da Tuberculose no estado do Pará, Brasil, de 2005 a 2014]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232018000400047&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO OBJETIVO: Analisar indicadores do Programa Nacional de Controle da Tuberculose nas Regiões de Integração do estado do Pará, de 2005 a 2014. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo ecológico, utilizando 31.372 casos de tuberculose (TB) pulmonar em pessoas com idade a partir de 20 anos, registrados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação. RESULTADOS: A incidência média no Estado foi de 71,7/10.000 hab. A Região Metropolitana registrou 49,6% (15.572) dos casos e incidência de 114,7/10.000 hab., com tendência crescente no período (22,3%). A maior redução no número de casos ocorreu na Região Xingu (41,9%). No Pará, 70,8% dos casos receberam alta por cura, com maior proporção na Região Guamá (77,9%). Apenas 72,6% dos casos tiveram confirmação laboratorial. A taxa de alta por cura, nos casos confirmados, reduziu de 73,1%, em 2005, para 67,3%, em 2014, com a maior taxa (85,4%) em 2006, na Região Rio Caeté; e a menor taxa (48,9%) em 2014, na Região Tapajós, com tendência de aumento nas Regiões Araguaia, Carajás, Lago de Tucuruí e Tocantins. Em cinco Regiões, o abandono de tratamento foi superior à média do Estado (13,0%) e, no período, aumentou nas Regiões Xingu, Tapajós, Marajó, Tocantins, Carajás, Guamá, Rio Capim e Rio Caeté. A maior mortalidade ocorreu na Região Metropolitana em 2011; e a menor, na Região Guamá, nos anos de 2009 e 2010. CONCLUSÃO: No período estudado, o estado do Pará encontrava-se distante de alcançar os indicadores propostos para a eliminação da TB, contribuindo para a manutenção da endemia no Brasil.<hr/>ABSTRACT OBJECTIVE: To analyze the indicators of the Brazilian National Tuberculosis Control Program in the Integration Regions of Pará State, from 2005 to 2014. MATERIALS AND METHODS: Ecological study using 31,372 cases of pulmonary tuberculosis (TB) in people aged 20 years and older, registered in the Notifiable Diseases Information System. RESULTS: The average incidence in all State was 71.7/10,000 inhabitants. Região Metropolitana recorded 49.6% (15,572) of the cases and incidence of 114.7/10,000 inhabitants, with increasing trend in the period (22.3%). The greatest reduction in the number of cases occurred in Região Xingu (41.9%). In Pará, 70.8% of cases were discharged by cure, with the highest proportion in Região Guamá (77.9%). Only 72.6% of the cases had laboratory confirmation. The rate of discharge by cure, in confirmed cases, decreased from 73.1% in 2005 to 67.3% in 2014, with the highest rate (85.4%) in 2006, in Região Rio Caeté; and the lowest rate (48.9%) in 2014, in Região Tapajós, with a tendency to increase in Araguaia, Carajás, Lago de Tucuruí, and Tocantins Regions. In five Regions, the discontinuing treatment was higher than the State average (13.0%), and, in the period, it increased in Xingu, Tapajós, Marajó, Tocantins, Carajás, Guamá, Capim River, and Caeté Rivers Regions. The highest mortality occurred in Região Metropolitana in 2011; and the lowest, in Região Guamá in the years 2009 and 2010. CONCLUSION: In the period studied, Pará State was far from reaching the indicators proposed for the elimination of TB, contributing to the maintenance of endemic in Brazil. <![CDATA[Prevalência de raiva animal no estado do Pará, no período de 2004 a 2013]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232018000400057&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO OBJETIVO: Descrever a prevalência da raiva animal no estado do Pará, no período de 2004 a 2013. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi realizado um levantamento no banco de dados dos encéfalos recebidos no Laboratório de Diagnóstico de Raiva da Seção de Arbovirologia e Febres Hemorrágicas do Instituto Evandro Chagas, de 2004 a 2013, oriundos das seis mesorregiões do Pará. RESULTADOS: Das 13.987 amostras recebidas e analisadas no Laboratório, 1,26% (176/13.987) foram positivas. Os registros positivos, por espécies examinadas, foram: 34,78% de equinos (8/23); 34,71% de bovinos (42/121); 25,00% de suínos (3/12); 1,33% de felinos (5/375); 1,22% de caninos (105/8.633); 0,27% de quirópteros (13/4.797); e as demais espécies (caprinos, ovinos, símios, leporídeos, procionídeos, roedores e não identificadas) foram negativas (0/26). A Mesorregião Sudoeste Paraense foi a que apresentou o maior índice de positividade (6,15%). CONCLUSÃO: Os resultados apresentados neste estudo ressaltam a importância da imunização anual de animais de produção, bem como enfatizam a relevância das campanhas de vacinação de animais domésticos para o controle da raiva urbana, a fim de reduzir a incidência e a letalidade da doença.<hr/>ABSTRACT OBJECTIVE: To describe the prevalence of animal rabies in Pará State, Brazil, from 2004 to 2013. MATERIALS AND METHODS: A survey was performed using database of brains received at Rabies Diagnosis Laboratory of Arbovirology and Hemorrhagic Fever Section of Instituto Evandro Chagas, from 2004 to 2013, came from the six Medium Regions of Pará. RESULTS: Of the 13,987 samples received and analyzed in laboratory, 1.26% (176/13,987) were positive. The positive records, by species examined, were: 34.78% of horses (8/23); 34.71% of cattle (42/121); 25.00% of pigs (3/12); 1.33% of felines (5/375); 1.22% of canines (105/8,633); 0.27% of chiropters (13/4,797); and the other species (goats, sheep, simians, leporids, procyonids, rodents, and unidentified) were negative (0/26). Mesorregião Sudoeste Paraense presented the highest positivity rate (6.15%). CONCLUSION: The results presented in this study emphasize the importance of the annual immunization of production animals, as well the vaccination campaigns of domestic animals for the control of urban rabies, in order to reduce the incidence and lethality of the disease. <![CDATA[Moluscos do gênero <em>Biomphalaria</em> Preston, 1910 na Região Amazônica: primeiro relato de <em>Biomphalaria occidentalis</em> Paraense, 1981 no estado do Pará, Brasil]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232018000400063&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: In Pará State, Northern Region of Brazil, there are reports of the occurrence of Biomphalaria glabrata, Biomphalaria straminea, Biomphalaria schrammi, and Biomphalaria kuhniana. OBJECTIVE: To report the first existence of Biomphalaria occidentalis in Pará State. MATERIALS AND METHODS: Five mollusks were collected, examined for the presence of Schistosoma mansoni cercariae, and morphological and molecular taxonomies were performed. RESULTS: No specimens parasitized by trematode larvae were detected. Biomphalaria occidentalis was identified, being the first record in Pará State. CONCLUSION: The result obtained contributed to improve the knowledge about the dispersion and diversity of the Biomphalaria mollusks in Amazon Region.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: No estado do Pará, Região Norte do Brasil, há relatos da existência de Biomphalaria glabrata, Biomphalaria straminea, Biomphalaria schrammi e Biomphalaria kuhniana. OBJETIVO: Relatar a primeira ocorrência de Biomphalaria occidentalis no Pará. MATERIAIS E MÉTODOS: Cinco moluscos foram coletados, examinados quanto à presença de cercárias de Schistosoma mansoni e as taxonomias morfológica e molecular foram realizadas. RESULTADOS: Nenhum espécime parasitado por larva de trematódeo foi detectado. Foi identificada a espécie Biomphalaria occidentalis, sendo o primeiro registro no Pará. CONCLUSÃO: O resultado obtido contribuiu para melhorar o conhecimento sobre a dispersão e a diversidade de moluscos Biomphalaria na Região Amazônica. <![CDATA[Acidente por aranha armadeira com sequela do fenômeno Raynaud]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232018000400069&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: Mild symptoms of envenoming by Phoneutria spiders are local pain, erythema, and edema. Systemic manifestations are uncommon and sequelae have been rarely reported in literature. OBJECTIVE: To describe the case of a young woman bitten by a Phoneutria spider on middle toe of left foot. CASE REPORT: The evaluation was described as a case of moderate complication with Raynaud phenomenon sequelae. The bite site became darker and pain, swelling, and cold sensation persisted for several days along with numbness and desquamation. The clinical examination of the patient also indicated poor circulation on middle toe. After four months from the accident, the wound healed, but the patient experienced persistent pain, which radiated to plantar area, and insistent abnormal blood flow (Raynaud phenomenon) as sequelae. CONCLUSION: This study brings light to sequelae of phoneutrism rarely reported in literature.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Os sintomas leves de envenenamento por aranhas Phoneutria são dor local, eritema e edema. Manifestações sistêmicas são incomuns e sequelas raramente são relatadas na literatura. OBJETIVO: Descrever o caso de uma jovem mordida por uma aranha Phoneutria no dedo do meio do pé esquerdo. RELATO DO CASO: Trata-se de um caso de complicação moderada com sequelas do fenômeno Raynaud. O local da mordida tornou-se mais escuro e a dor, o inchaço e a sensação de frio persistiram por vários dias, juntamente com dormência e descamação. O exame clínico da paciente também indicou má circulação no dedo médio. Após quatro meses do acidente, a ferida cicatrizou, mas a paciente teve dor constante, que irradiava para a área plantar, e fluxo sanguíneo anormal persistente (fenômeno de Raynaud) como sequelas. CONCLUSÃO: Este estudo elucida as sequelas de foneutrismo raramente relatadas na literatura. <![CDATA[AGRADECIMENTO AOS REVISORES]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232018000400075&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: Mild symptoms of envenoming by Phoneutria spiders are local pain, erythema, and edema. Systemic manifestations are uncommon and sequelae have been rarely reported in literature. OBJECTIVE: To describe the case of a young woman bitten by a Phoneutria spider on middle toe of left foot. CASE REPORT: The evaluation was described as a case of moderate complication with Raynaud phenomenon sequelae. The bite site became darker and pain, swelling, and cold sensation persisted for several days along with numbness and desquamation. The clinical examination of the patient also indicated poor circulation on middle toe. After four months from the accident, the wound healed, but the patient experienced persistent pain, which radiated to plantar area, and insistent abnormal blood flow (Raynaud phenomenon) as sequelae. CONCLUSION: This study brings light to sequelae of phoneutrism rarely reported in literature.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Os sintomas leves de envenenamento por aranhas Phoneutria são dor local, eritema e edema. Manifestações sistêmicas são incomuns e sequelas raramente são relatadas na literatura. OBJETIVO: Descrever o caso de uma jovem mordida por uma aranha Phoneutria no dedo do meio do pé esquerdo. RELATO DO CASO: Trata-se de um caso de complicação moderada com sequelas do fenômeno Raynaud. O local da mordida tornou-se mais escuro e a dor, o inchaço e a sensação de frio persistiram por vários dias, juntamente com dormência e descamação. O exame clínico da paciente também indicou má circulação no dedo médio. Após quatro meses do acidente, a ferida cicatrizou, mas a paciente teve dor constante, que irradiava para a área plantar, e fluxo sanguíneo anormal persistente (fenômeno de Raynaud) como sequelas. CONCLUSÃO: Este estudo elucida as sequelas de foneutrismo raramente relatadas na literatura.