Scielo RSS <![CDATA[Revista Pan-Amazônica de Saúde]]> http://scielo.iec.gov.br/rss.php?pid=2176-622320210001&lang=pt vol. 12 num. lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://scielo.iec.gov.br/img/en/fbpelogp.gif http://scielo.iec.gov.br <![CDATA[Soropositividade e fatores de risco associados à infecção por <em>Toxoplasma gondii</em> em pacientes atendidos no Laboratório Municipal de Oriximiná, estado do Pará, Brasil]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232021000100010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO OBJETIVOS: Avaliar a frequência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii e os fatores de risco inerentes à infecção por esse parasito; e comparar técnicas de diagnóstico sorológico em pacientes atendidos no Laboratório Municipal de Oriximiná, estado do Pará, Brasil. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram coletadas amostras de soro dos pacientes, além de informações socioeconômicas e ambientais via aplicação de formulário. As amostras de soro dos pacientes foram submetidas à pesquisa de anticorpos IgM e IgG, por meio de ensaio imunoenzimático (ELISA) indireto e reação de imunofluorescência indireta (RIFI). RESULTADOS: Das 521 amostras coletadas, a frequência de soropositivos para T. gondii foi de 68,7%. Em 51%, foram evidenciados somente anticorpos IgG e, em 17,7%, anticorpos IgG/IgM, perfil compatível com infecção aguda. Concordância quase perfeita entre ELISA e RIFI foi verificada na pesquisa de IgG (Kappa = 0,84). Na análise univariada, as variáveis significativamente associadas à positividade para T. gondii foram: faixa etária, consumo de folhas e hortaliças, resultado prévio positivo, ocorrência de aborto e presença de gato no domicílio. Já pela regressão logística, identificou-se que maior faixa etária, presença de gatos como animais de estimação e menor faixa de renda foram fatores que apresentaram maior risco à infecção por T. gondii. CONCLUSÃO: Foi evidenciada a elevada frequência de pacientes soropositivos para T. gondii atendidos no Laboratório Municipal de Oriximiná, bem como a falta de concordância em 100% entre RIFI e ELISA, demonstrando-se a necessidade de se utilizar mais de uma técnica laboratorial para a detecção de anticorpos anti-T. gondii.<hr/>ABSTRACT OBJECTIVES: Evaluate the frequency of anti-Toxoplasma gondii antibodies and the risk factors inherent to infection with this parasite and to compare serological diagnostic techniques in patients treated at the Municipal Laboratory of Oriximiná, Pará State, Brazil. MATERIALS AND METHODS: Serum samples were collected from patients, as well as socioeconomic and environmental data by form application. These samples were tested for IgM and IgG antibodies by indirect enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) and indirect fluorescent antibody test (IFAT). RESULTS: A total of 521 samples were collected. The frequency of seropositive individuals with T. gondii was 68.7%. In 51%, only IgG antibodies were found, while in 17.7% IgG/IgM antibodies were detected, a profile compatible with acute infection. Almost perfect agreement between ELISA and IFAT tests was found regarding the IgG (Kappa = 0.84). In univariate analysis, the variables significantly associated with positivity for T. gondii were: age group, consumption of greens and vegetables, previous positive result, abortion, and presence of cat in the house. As for the logistic regression, it was identified that a higher age group, the presence of cats as pets, and a lower income range were factors that presented a higher risk of infection by T. gondii. CONCLUSION: The high frequency of T. gondii seropositive patients seen at the Municipal Laboratory of Oriximiná was evidenced, as well as a lack of perfect agreement between IFAT and ELISA, demonstrating the need to use more than one laboratory technique for the detection of anti-T. gondii antibodies. <![CDATA[Fungos anemófilos isolados de bibliotecas de instituições de ensino da Região Nordeste do Brasil]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232021000100011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO INTRODUÇÃO: Estudos sobre micobiota anemófila de bibliotecas evidenciam ampla variedade de fungos, incluindo aqueles potencialmente patogênicos, oferecendo risco ocupacional e manifestações alérgicas a seus frequentadores. OBJETIVO: Avaliar a ocorrência de fungos anemófilos em bibliotecas de instituições de ensino da educação básica e superior da cidade de Maceió, estado de Alagoas, Brasil. MATERIAIS E MÉTODOS: Amostras do ambiente foram obtidas a partir da exposição de 55 placas de Petri contendo ágar Sabouraud com cloranfenicol em três bibliotecas de três instituições de ensino. As colônias fúngicas resultantes foram submetidas à identificação por meio da associação de aspectos macroscópicos e microscópicos, utilizando-se microcultivo. Ensaios fenotípicos complementares também foram utilizados. RESULTADOS: Das 55 amostras analisadas, foram obtidas 351 unidades formadoras de colônias (UFC), das quais 331 (94,3%) corresponderam a fungos filamentosos e 20 (5,7%) a leveduriformes. As espécies de fungos filamentosos mais frequentes foram Penicillium sp., Cladosporium sp., Alternaria sp., Aspergillus sp. e Curvularia sp., destacando-se maior predomínio de Penicillium sp. em uma biblioteca cujo ambiente não era climatizado, com 80 (22,7%) UFC. CONCLUSÃO: Os resultados deste estudo evidenciam ampla variedade de fungos com potencial patogênico e toxigênico, que podem desencadear processos alérgicos, ratificando assim a importância do estabelecimento de protocolos de higiene e de desinfecção nesse tipo de ambiente.<hr/>ABSTRACT INTRODUCTION: Studies on airborne mycobiota from libraries show a wide variety of fungi, including those potentially pathogenic, offering occupational risk and allergic manifestations to their visitors. OBJECTIVE: To evaluate the occurrence of anemophilous fungi in libraries of educational institutions of basic and higher education in the city of Maceió, Alagoas State, Brazil. MATERIALS AND METHODS: Samples of the air were obtained from the exposure of 55 Petri dishes containing Sabouraud agar with chloramphenicol in three libraries of three educational institutions. The resulting fungal colonies were subjected to identification through the association of macroscopic and microscopic aspects, using microculture. Complementary phenotypic assays were also performed. RESULTS: A total of 351 colony-forming units (CFU) were obtained from the 55 analyzed samples, of which 331 (94.3%) were filamentous fungi and 20 (5.7%) were yeasts. The most frequent filamentous fungus species were Penicillium sp., Cladosporium sp., Alternaria sp., Aspergillus sp., and Curvularia sp., with a greater predominance of Penicillium sp. in a library that was not acclimatized, with 80 (22.7%) CFU. Conclusion: The results of this study show a great diversity of fungi with pathogenic and toxigenic potential, which can trigger allergic processes, thus confirming the importance of establishing hygiene and disinfection protocols in this type of environment. <![CDATA[Trematódeos emergentes de moluscos dulciaquícolas coletados em valas, no município de Peruíbe, estado de São Paulo, Brasil]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232021000100012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO OBJETIVOS: Identificar moluscos dulciaquícolas e larvas de trematódeos oriundos de valas de drenagem no município de Peruíbe, estado de São Paulo, Brasil, e descrever a morfologia das larvas emergidas. MATERIAIS E MÉTODOS: Moluscos foram coletados em 53 valas. No laboratório, procedeu-se à identificação morfológica dos espécimes e pesquisas parasitológicas para determinação e descrição morfológica das larvas. RESULTADOS: Foram coletados 5.969 moluscos pertencentes às famílias Planorbidae, Lymnaeidae, Physidae, Thiaridae e Ampullariidae. Os exames parasitológicos revelaram nove formas larvais correspondentes a sete morfotipos: xifidiocercária, equinocercária, estrigeocercária, distoma brevifurcada faringeada, distoma brevifurcada afaringeada, pleurolofocercária e anfistomocercária. A espécie Biomphalaria tenagophila (d'Orbigny, 1835) foi suscetível a oito cercárias das nove encontradas; e seis exemplares de moluscos estavam parasitados por larvas de Schistosoma mansoni Sambon, 1907. CONCLUSÃO: É fundamental estabelecer programas de controle e vigilância malacológica em áreas vulneráveis quando moluscos hospedeiros intermediários de parasitas de importância médica e veterinária colonizam esses ambientes, sendo especialmente importante quando esses moluscos estão infectados com larvas de S. mansoni.<hr/>ABSTRACT OBJECTIVES: Identify freshwater mollusks and trematode larvae from drainage ditches in the Municipality of Peruíbe, São Paulo State, Brazil, and describe the morphology of emerged larvae. MATERIALS AND METHODS: Mollusks were collected from 53 ditches. In the laboratory, the specimens were morphologically identified, and parasitological analysis was carried out to determine and describe the larvae. RESULTS: 5,969 mollusks belonging to the families Planorbidae, Lymnaeidae, Physidae, Thiaridae, and Ampullariidae were collected. The parasitological analysis of the mollusks revealed nine different larvae corresponding to the following seven types of cercariae: xiphidio cercariae, echinostome cercariae, strigea cercariae, brevifurcate pharyngeate distome cercariae, brevifurcate apharyngeate distome cercariae, pleurolophocercous cercariae, and amphistome cercariae. Biomphalaria tenagophila (d'Orbigny, 1835) was susceptible to eight of the nine cercariae found, and six specimens of mollusks were parasitized by Schistosoma mansoni Sambon, 1907. CONCLUSION: It is fundamental to establish malacological control and surveillance programs in vulnerable areas when mollusks, intermediate host of parasites of medical and veterinary importance, colonize these environments, especially when infected with S. mansoni larvae. <![CDATA[<em>Streptococcus agalactiae</em>: colonização de gestantes de alto risco em um hospital regional da Amazônia brasileira e perfil de sensibilidade aos antimicrobianos]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232021000100013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO INTRODUÇÃO: Estreptococo do grupo B (EGB) ou Streptococcus agalactiae em indivíduos imunossuprimidos, como os neonatos, pode resultar em uma série de complicações e doenças, podendo levar até à morte. OBJETIVOS: Caracterizar o perfil clínico-epidemiológico de gestantes colonizadas por S. agalactiae e determinar o perfil de sensibilidade antimicrobiana dos isolados em um hospital na Amazônia. MATERIAIS E MÉTODOS: As coletas dos espécimes clínicos foram realizadas no período de 15 de março a 15 de abril de 2019 considerando as diretrizes do Centers for Disease Control and Prevention. A identificação fenotípica foi realizada de acordo com as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e para o teste de sensibilidade antimicrobiana, foram seguidas as especificações do Clinical and Laboratory Standards Institute. RESULTADOS: A colonização por EGB foi detectada em 34,0% das gestantes; as doenças crônicas mais frequentes foram hipertensão (26,0%) e diabetes (10,0%). Os antimicrobianos linezolida, vancomicina e meropeném foram os mais eficazes contra as bactérias. Verificou-se alta taxa de resistência para ciprofloxacina (82,4%) e cloranfenicol (70,6%). Das cepas analisadas, 88,2% eram multirresistentes. CONCLUSÃO: A presença de EGB entre as gestantes de alto risco e a detecção de cepas multirresistentes, inclusive com resistência a penicilinas e cefalosporinas, traz à tona a importância da triagem para a detecção dessa bactéria durante a gestação e o início da antibioticoprofilaxia, ressaltando a necessidade de adequar a prática de acompanhamento pré-natal local às recomendações vigentes.<hr/>ABSTRACT INTRODUCTION: Group B streptococcus (GBS) or Streptococcus agalactiae in immunosuppressed individuals, such as neonates, can result in a series of complications and diseases, which can even lead to death. OBJECTIVES: To characterize the clinical-epidemiological profile of pregnant women colonized by S. agalactiae and determine the isolates' sensitivity profile in a hospital in the Amazon. MATERIALS AND METHODS: Clinical specimens were collected from March 15 to April 15, 2019, following the Centers for Disease Control and Prevention guidelines. The phenotypic identification was performed according to the Brazilian Health Regulatory Agency (Anvisa), and for the antimicrobial sensitivity testing, the Clinical and Laboratory Standards Institute specifications were followed. RESULTS: Colonization by GBS was found in 34.0% of the pregnant women; the most frequent chronic diseases were hypertension (26.0%) and diabetes (10.0%). The antimicrobials linezolid, vancomycin, and meropenem were the most effective against the bacteria. There was a high resistance rate for ciprofloxacin (82.4%) and chloramphenicol (70.6%); 88.2% of the strains analyzed were multidrug-resistant. CONCLUSION: The presence of GBS among high-risk pregnant women and the detection of multidrug-resistant strains, including those with resistance to penicillins and cephalosporins, bring up the importance of screening for the detection of this bacteria during pregnancy and the beginning of antibiotic prophylaxis, emphasizing the need to adapt the practice of local prenatal care to the current recommendations. <![CDATA[Análise epidemiológica comparativa entre as pandemias causadas pelos vírus Influenza A(H1N1)pdm09 e SARS-CoV-2 no estado do Pará, Brasil]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232021000100014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO OBJETIVO: Analisar as características epidemiológicas, similaridades e diferenças da influenza A(H1N1)pdm09 e da COVID-19 no estado do Pará, Brasil. MATERIAIS E MÉTODOS: Trata-se de um estudo epidemiológico descritivo, com dados sobre casos e óbitos de influenza A(H1N1)pdm09 coletados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação, referentes ao período de junho de 2009 a maio de 2010, e de COVID-19, na Secretaria de Saúde do Estado do Pará, referentes ao período de março a julho de 2020, com a última data da coleta realizada em 10 de julho de 2020. RESULTADOS: Até o momento da coleta dos dados, o Pará apresentava 124.934 casos confirmados para COVID-19, enquanto a influenza pandêmica apresentou 783. Indivíduos entre 30 e 39 anos (24,95%) foram os mais afetados pela COVID-19, com taxa de óbito maior em idosos (74,00%), enquanto o vírus Influenza A(H1N1)pdm09 atingiu mais crianças e jovens de 10 a 19 anos de idade (31,42%), com maior mortalidade entre 20 e 29 anos (26,83%). Por fim, a COVID-19 teve uma distribuição de casos mais dispersa no estado comparada à pandemia de influenza A(H1N1)pdm09. CONCLUSÃO: Tais achados destacam que o cenário relatado sobre a pandemia de influenza A(H1N1)pdm09 no Pará reflete a necessidade de modificação no planejamento estratégico que deve ser implementado frente à pandemia de COVID-19, em vista do acometimento em públicos distintos e suas diferenças fisiopatológicas.<hr/>ABSTRACT OBJECTIVE: To analyze the epidemiological characteristics, similarities, and differences between influenza A(H1N1)pdm09 and COVID-19 in Pará State, Brazil. MATERIALS AND METHODS: This is a descriptive epidemiological study using data on cases and deaths of influenza A(H1N1)pdm09 from the Notifiable Diseases Information System (SINAN), from June 2009 to May 2010; and COVID-19, from the Health Department of State Pará (SESPA), from March to July 2020. The data were collected on July 10, 2020. RESULTS: At the time of data collection, Pará State had 124,934 confirmed cases of COVID-19, while the influenza pandemic had 783. Individuals between 30 and 39 years old (24.95%) were the most affected by COVID-19, with a higher death rate in the elderly (74.00%). On the other hand, the Influenza A(H1N1)pdm09 virus affected more children and young people from 10 to 19 years (31.42%), with higher mortality between 20 and 29 years (26.83%). COVID-19 had a more dispersed distribution of cases in the state compared to the influenza A(H1N1)pdm09 pandemic. CONCLUSION: These findings show that the reported scenario on the influenza A(H1N1)pdm09 pandemic in Pará reflects the need to modify the strategic planning that must be implemented in the face of the COVID-19 pandemic, considering its incidence in different people and their pathophysiological differences. <![CDATA[Diagnóstico tardio de micose fungoide: um relato de caso]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232021000100040&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO INTRODUÇÃO: Micose fungoide (MF) é um tipo de linfoma cutâneo de células T com incidência aproximada de 0,41/100.000 indivíduos anualmente. O presente relato ressalta os impactos do atraso diagnóstico na evolução da doença. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino buscou assistência médica no serviço de dermatologia da Universidade do Estado do Pará (UEPA), em novembro de 2017, apresentando três placas eritemato-hipercrômicas infiltradas, duas no abdômen e uma descamativa no membro inferior esquerdo, e linfonodo palpável na região inguinal esquerda com crescimento progressivo que iniciou em 2011. A paciente relatou que havia sido submetida a vários exames e tratamentos, assistida por seis profissionais médicos de diferentes especialidades e realizado quatro exames histopatológicos. O caso foi investigado no serviço de dermatologia, tendo sido realizado estudo imunohistoquímico e concluído o diagnóstico de MF. A paciente iniciou tratamento com metotrexato 15 mg e ácido fólico 5 mg, em dose única semanal, e fototerapia com PUVA, tendo apresentado melhora significativa, porém, com extensa área de atrofia e infecções secundárias. CONCLUSÃO: O presente caso é um problema de saúde pública que reforça a necessidade de capacitação adequada de médicos para identificação e tratamento precoce de MF.<hr/>ABSTRACT INTRODUCTION: Mycosis fungoides (MF) is a cutaneous T-cell lymphoma with an incidence of approximately 0.41/100,000 individuals annually. This report highlights the impacts of delayed diagnosis on the evolution of the disease. CASE REPORT: A female patient sought medical assistance at the dermatology service of the Universidade do Estado do Pará (UEPA), Brazil, on November 2017, due to three infiltrated erythematous-hyperchromic plaques, two on the abdomen and one scaly on the left lower limb, and a palpable lymph node in the left inguinal region with progressive growth which started in 2011. The patient reported that she had undergone several tests and treatments and was seen by six medical doctors of different specialties and underwent four histopathological exams. The patient's case was investigated in the dermatology service of UEPA; an immunohistochemical study was performed, concluding the diagnosis of MF. She was treated with methotrexate 15 mg and folic acid 5 mg in a single weekly dose and phototherapy with PUVA, showing significant improvement after treatment, but with an extensive area of atrophy and secondary infections. CONCLUSION: The present case is a public health issue that reinforces the need for adequate medical training for early identification and treatment of MF. <![CDATA[O panorama da fluoretação das águas de abastecimento público da cidade de Belém, estado do Pará, Brasil]]> http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232021000100050&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO INTRODUÇÃO: A fluoretação da água de abastecimento público é uma estratégia em saúde pública no controle da cárie dentária, sendo uma das mais importantes medidas já promovidas. Desde a metade do século XX, o flúor vem sendo utilizado na água de abastecimento e diversos estudos têm demonstrado sua eficácia no controle da cárie. Diante desse cenário, observa-se que quando há a interrupção da fluoretação, ou quando os teores de flúor ficam abaixo do recomendado, os benefícios podem ser perdidos e a prevalência de cárie aumenta. OBJETIVO: Realizar um estudo sobre a conjuntura da fluoretação na cidade de Belém, estado do Pará, tendo como foco aspectos importantes do íon flúor, a consolidação da fluoretação no Brasil e no mundo e a vigilância dos teores de flúor. MÉTODOS: Foi realizada a análise dos laudos gerados pela Secretaria de Saúde Pública do Pará dos teores de flúor de 2005 e 2006 e da documentação trocada entre a Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará e a empresa responsável pelo tratamento de água do município de Belém; além de levantamentos bibliográficos em bases de dados eletrônicas. RESULTADOS: Os dados evidenciaram que a fluoretação no município não estava sendo realizada de maneira adequada durante os anos pesquisados e foi interrompida em 2010, com flagrante aumento do índice CPO-D no período. CONCLUSÃO: É inegável a urgência da reativação da fluoretação pela concessionária, bem como uma vigilância eficiente relacionada aos teores de flúor fornecidos à população por meio do abastecimento da água fluoretada.<hr/>ABSTRACT INTRODUCTION: Community water fluoridation is a public health strategy to control dental caries and is one of the most important measures ever implemented. Since the mid-twentieth century, fluoride has been used in water supplies, and several studies have demonstrated its effectiveness in controlling caries. Given this scenario, it is observed that when an interruption of fluoridation occurs or when fluoride levels are below the intake recommendations, benefits may be lost, and the prevalence of caries increases. OBJECTIVE: To analyze the fluoridation situation in Belém, Pará State, focusing on the aspects of fluoride ion, the consolidation of water fluoridation in Brasil and worldwide, and the monitoring of fluoride levels. METHODS: Reports generated by the Department of Public Health of Pará, containing fluoride levels from 2005 to 2006, and documents exchanged between the Faculty of Dentistry at Universidade Federal do Pará and the water treatment company of Belém. RESULTS: The data showed that fluoridation in the municipality was not being adequately performed during the years studied, and it was interrupted in 2010, which caused a significant increase in the DMFT index at that time. CONCLUSION: The urgency of reactivating fluoridation by the water company is undeniable and efficient monitoring of the fluoride levels supplied to the population through fluoridated water.