SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número1Perfil epidemiológico do uso e necessidade de prótese dentária em indivíduos de 50-74 anos de idade, residentes em três 'Distritos Sanitários' de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, em 2008Cárie dentária e fatores associados em crianças com três anos de idade cadastradas em Unidades de Saúde da Família do Município de Rondonópolis, Mato Grosso, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Epidemiologia e Serviços de Saúde

versão impressa ISSN 1679-4974versão On-line ISSN 2337-9622

Resumo

CASCAES, Andreia Morales; KAMIMURA, Luciana Claro Berben; PERES, Karen Glazer  e  PERES, Marco Aurélio. Conhecimento sobre uso de fluoretos em saúde bucal coletiva entre coordenadores municipais de saúde bucal do Estado de Santa Catarina, Brasil. Epidemiol. Serv. Saúde [online]. 2012, vol.21, n.1, pp.89-98. ISSN 1679-4974.  http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742012000100009.

OBJETIVO: verificar o grau de conhecimento dos coordenadores municipais de Saúde Bucal dos 293 municípios do Estado de Santa Catarina, Brasil, sobre o uso de fluoretos em saúde bucal coletiva. MÉTODOS: estudo descritivo que investigou aspectos referentes às diversas formas de utilização de fluoretos e informações epidemiológicas de cárie dentária mediante questionários enviados a todos os 293 municípios do estado, no ano de 2005. RESULTADOS: a taxa de resposta foi de 43,7%; cerca de 60,0% informaram sobre epidemiologia da cárie no município; apenas ¼ conhecia o percentual da população brasileira com acesso a água fluoretada; o custo da fluoretação foi ignorado por mais da metade dos profissionais (61,7%); metade dos pesquisados revelou recomendar suplementos fluoretados para gestantes como método de prevenção de cárie; a indicação de fluoretos tópicos foi respondida corretamente por 63,3%; mais de 80,0% revelaram conhecer as recomendações sobre bochechos e géis fluoretados, enquanto apenas 40,6% conheciam o uso do verniz. CONCLUSÃO: aspectos fundamentais sobre a utilização de fluoretos foram desconhecidos por parte considerável de coordenadores municipais, indicando necessidade de capacitação técnica sobre o tema.

Palavras-chave : flúor; prevenção; políticas públicas de saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )