SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número2Prática de futebol recreativo entre adultos residentes nas capitais brasileiras, 2011-2015Síndrome congênita associada à infecção pelo vírus Zika em nascidos vivos no Brasil: descrição da distribuição dos casos notificados e confirmados em 2015-2016 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Epidemiologia e Serviços de Saúde

versão impressa ISSN 1679-4974versão On-line ISSN 2337-9622

Resumo

NARDI, Antonio Carlos Figueiredo; SOARES, Rackynelly Alves Sarmento; MENDONCA, Ana Valéria Machado  e  SOUSA, Maria Fátima de. Comunicação em saúde: um estudo do perfil e da estrutura das assessorias de comunicação municipais em 2014-2015. Epidemiol. Serv. Saúde [online]. 2018, vol.27, n.2, e2017409.  Epub 25-Jun-2018. ISSN 1679-4974.  http://dx.doi.org/10.5123/s1679-49742018000200015.

Objetivo:

investigar as características dos serviços de comunicação em saúde, a partir da Rede dos Conselhos das Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS) no Brasil.

Métodos:

estudo quantitativo exploratório, conduzido de 2014 a 2015, com amostra não probabilística. Foram utilizados quatro questionários estruturados, divididos em quatro dimensões: 1) estrutura de trabalho das assessorias de comunicação; 2) perfil dos profissionais que nelas atuam; 3) principais atribuições destas assessorias; e 4) possíveis variantes entre os municípios que não possuíam esse serviço especializado.

Resultados:

de 122 municípios participantes, 72 não possuíam assessoria de comunicação e somente 2 núcleos da rede possuíam diretoria de comunicação; as instalações de trabalho eram precárias; os profissionais tinham pouco tempo de trabalho nas assessorias de comunicação; e não tinham estabilidade empregatícia ou assento nos conselhos gestores.

Conclusão:

apesar de realizarem assessoramento direto aos secretários, as condições de trabalho dos profissionais de comunicação comprometem suas ações de planejamento.

Palavras-chave : Políticas Públicas de Saúde; Sistema Único de Saúde; Gestão em Saúde; Comunicação em Saúde.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )