SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.3 número3Dispersão geográfica da família Phyllostomidae (Chiroptera) baseado nas sequências do cifocromo b índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Pan-Amazônica de Saúde

versão impressa ISSN 2176-6223versão On-line ISSN 2176-6223

Resumo

CAMARGO, Daniel Stangarlin de et al. Identificação de genotipos G e P de rotavirus em leitões em fase de amamentação e desmamados na região metropolitana de Belém, Estado do Pará, Região Norte do Brasil. Rev Pan-Amaz Saude [online]. 2012, vol.3, n.3, pp.11-19. ISSN 2176-6223.

Os rotavírus são um importante agente de diarreia em leitões, principalmente durante a amamentação e pós-desmame com gravidade. O objetivo deste estudo foi identificar os genótipos G e P de rotavírus obtidos de leitões de cinco criadouros em Belém, Estado do Pará, Norte do Brasil. Espécimes fecais foram coletados de leitões em fase de amamentação e desmamados. Foi testado um total de 172 amostras, das quais 17 (9,9%) foram positivas para rotavírus do grupo A, a partir de leitões amamentados e, em seguida, foram sequenciadas pela genotipagem do VP7 e VP4. A consistência das amostras de fezes positivas foi de 53% (9/17) diarreico, 23,5% (4/17) pastosa e 23,5% (4/17) normal. O genótipo G mais comum foi o G3 com 53% (9/17), seguido pelo genótipo G5 (17%, 3/17). O genótipo P registrado foi de P[23] que corresponde a 23,5% (4/17). Este estudo mostrou a circulação dos rotavírus em rebanhos suínos na região metropolitana de Belém, na Região Norte. A combinação de G3P[23] foi registrada pela primeira vez no Brasil.

Palavras-chave : Rotavirus; Leitões Desmamados; Rebanhos e genótipo G3P[23].

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )