SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.3 número3Análise preliminar do uso mesclado de neoglicolipídeos derivados do PGL-1 do Mycobacterium leprae: antígeno dissacarídeo (ND-O-BSA) e trissacarídeo (NT-P-BSA) como forma de aumentar a sensibilidade do teste ELISA anti-PGL-1 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Pan-Amazônica de Saúde

versão impressa ISSN 2176-6223versão On-line ISSN 2176-6223

Resumo

CUNHA, Maria Heliana Chaves Monteiro da; SILVESTRE, Maria do Perpétuo Socorro Amador; QUEIROZ, Marcos Fabiano de Almeida  e  XAVIER, Marília Brasil. Perfil de anticorpos anti-PGL-1 em indivíduos sadios de áreas endêmicas para a hanseníase do Estado do Pará, Brasil. Rev Pan-Amaz Saude [online]. 2012, vol.3, n.3, pp.41-47. ISSN 2176-6223.

O objetivo deste estudo foi descrever o perfil de anticorpos, IgM, anti-PGL-1, utilizando ELISA, em doadores de sangue de áreas de muito alta endemicidade e hiperendêmicas para a hanseníase no Estado do Pará, utilizando ponto de corte ≥ 0,20. Tendo ainda outros objetivos como correlacionar os níveis de anticorpos anti-PGL-1 a fatores demográficos e a vacina BCG e identificar ponto de corte (PC) para o teste anti-PGL-1 com base na média dos níveis encontrados. Os resultados não mostraram significância estatística entre as variáveis: sexo, idade, presença de cicatriz de BCG e os níveis de anti-PGL-1. Foram identificados três PCs: geral, por hemocentro e por municípios. Com PC ≥ 0,13 (geral), a soropositividade dobrou em números absolutos, de 15 para 36, resultado estatisticamente não significativo (p > 0,05). A média dos níveis de anti-PGL-1 foi muito baixa para áreas de parâmetros elevados, e não refletiram a magnitude da endemicidade da hanseníase nessas áreas. O ponto de corte mais baixo apresentou-se mais adequado ao comportamento sorológico identificado.

Palavras-chave : Hanseníase; Doadores de Sangue; Doenças Endêmicas; Estudos Soroepidemiológicos.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )