SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 número2Imunoexpressão de TNF-α e TGF-β em lesões de pacientes nas diversas formas clínicas da hanseníase por meio da técnica de imunoistoquímicaRiscos da poliomielite para adolescentes e adultos na era da pré-erradicação global índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Pan-Amazônica de Saúde

versão On-line ISSN 2176-6223

Resumo

SILVA, René Ribeiro da et al. Epidemiologia molecular do rotavirus aviário em fezes de frangos de corte na Região Amazônica, Brasil, de agosto de 2008 a maio de 2011. Rev Pan-Amaz Saude [online]. 2013, vol.4, n.2, pp.55-62. ISSN 2176-6223.  http://dx.doi.org/10.5123/S2176-62232013000200007.

As viroses entéricas causam doenças em aves que resultam em perdas econômicas. O rotavírus aviário (AvRV) é o vírus mais importante associado à enterite em aves domésticas. Os principais objetivos deste estudo foram determinar a prevalência do AvRV, usando testes moleculares em frangos de corte (Gallus gallus) da mesorregião metropolitana de Belém (Estado do Pará, Brasil), fornecer informações epidemiológicas e comparar os rotavírus detectados com as cepas através da análise filogenética. Amostras fecais foram coletadas em 37 aviários e foram testadas para o gene NSP4 usando a reação em cadeia da polimerase via transcrição reversa (RT-PCR). No total, das 85 amostras fecais, 35 (41,2%) mostram-se positivas para NSP4. Foram encontrados 19 (51,4%) aviários com pelo menos galpão positivo para AvRV. Considerando a distribuição de amostras positivas por idade, os frangos de 31-45 dias continham 18 (51,4%) das 35 amostras positivas para rotavírus. Analisando os dados pela densidade populacional, os galpões com mais de 9 aves/m2 tiveram 25 (86,2%) amostras positivas, mostrando que índices maiores de infecção ocorreram em galpões de maior densidade. Para confirmar os resultado da RT-PCR e realizar a análise filogenética, 20 amostras positivas foram selecionadas por sequência. Os rotavírus detectados em nosso estudo foram reunidos em um único grupo e tiveram 93,5 a 100% de identidade sequencial no nível de nucleotídeos. O grupo etário mais atingido incluiu frangos de corte com mais de 15 dias. As condições climáticas e a alta densidade populacional favoreceram a disseminação do AvRV e sua manutenção uniforme entre as estações.

Palavras-chave : Rotavirus; Epidemiologia Molecular; Genética; Análise Virológica.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )