SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.5 issue3Recurrence of leprosy cases in a highly endemic area in Pará State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

  • Have no cited articlesCited by SciELO

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Revista Pan-Amazônica de Saúde

On-line version ISSN 2176-6223

Abstract

CARVALHO, Thaís Cristina Nascimento de et al. Conhecimento sobre gastroenterite viral pelos profissionais de saúde de um hospital materno-infantil de referência no Estado do Pará, Brasil. Rev Pan-Amaz Saude [online]. 2014, vol.5, n.3, pp.11-18. ISSN 2176-6223.

As gastroenterites agudas (GA) de origem viral são consideradas como uma das principais causas de morbimortalidade em crianças menores de 5 anos de idade, e os rotavírus, norovírus e astrovírus apontados como os principais responsáveis. Este trabalho visou verificar o conhecimento de que dispõem os médicos e enfermeiros dos setores de neonatologia e pediatria de um hospital materno-infantil de referência no Estado do Pará, Brasil, acerca dos vírus relacionados ao quadro de GA, da sua forma de transmissão, e das principais medidas de prevenção e controle. Realizou-se uma pesquisa descritiva-exploratória em 2011, por meio de questionário envolvendo perguntas relacionadas ao perfil dos participantes e referentes ao tema proposto. Após aplicação de teste estatístico, foi feita a seleção randômica de 60 participantes. Verificou-se que, durante quadro de diarreia, a lavagem das mãos e a conduta terapêutica de hidratação já estão bem instituídas pelos profissionais, assim como isolamento dos pacientes acometidos por GA. Constatou-se que a maioria dos participantes detém conhecimento sobre a vacina para rotavírus, a quantidade de doses e idades de aplicação. Dentre os procedimentos a serem realizados em caso de surto nosocomial, a coleta das amostras visando a definição etiológica e o uso de proteção pessoal foram as mais citadas. Quanto às principais fontes de transmissão desses vírus, a contaminação fecal-oral foi a mais mencionada, seguida por manipulação de fômites. Considerando que a GA é uma das principais causas de consulta, internação e letalidade infantis, é imprescindível a conscientização dos profissionais da saúde sobre a fácil transmissão desses vírus, para evitar sua disseminação, contribuindo para a diminuição da morbidade ocasionada por esses patógenos.

Keywords : Conhecimento; Diarreia Infantil; Gastroenterite.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )