SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 número2Perfil soroepidemiológico da hepatite B em localidades ribeirinhas do rio Madeira, em Porto Velho, Estado de Rondônia, BrasilMicose fungoide hipocromiante em grávida índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Pan-Amazônica de Saúde

versão impressa ISSN 2176-6215versão On-line ISSN 2176-6223

Resumo

SIQUEIRA, Jones Anderson Monteiro et al. Aplicação de gráficos de controle de séries temporais para modelagem e monitoramento da sazonalidade do norovírus. Rev Pan-Amaz Saude [online]. 2015, vol.6, n.2, pp.61-68. ISSN 2176-6215.

INTRODUÇÃO: Os gráficos de controle de séries temporais são ferramentas que permitem identificar a natureza de certas variações em um processo, sejam elas variações devido a causas comuns, consideradas de pouca importância, ou a causas especiais. O objetivo deste estudo foi aplicar gráficos de controle de séries temporais para analisar a sazonalidade observada em infecções de norovírus, em crianças internadas no período de maio de 2008 a abril de 2011, em um hospital pediátrico na Cidade de Belém, Estado do Pará, Amazônia, Brasil. MATERIAIS E MÉTODOS: Para aplicar os modelos, foi necessário fazer a série estacionária, realizada pela aplicação das primeiras diferenças de taxas de positividade do norovírus. Para construir os gráficos, foi utilizado o teste de normalidade de Kolmogorov-Smirnov, a fim de verificar se os dados foram distribuídos corretamente. RESULTADOS: Durante os três anos, observou-se a maior prevalência entre setembro e outubro de 2008 (63,6%) e fevereiro de 2010 (62,1%). A série de estudo estava sob controle estatístico, com uma tendência para a estabilidade e nenhuma evidência de sazonalidade. Não foram observados valores periféricos que sugerem claramente que nenhum fator atípico pode prejudicar a estabilidade da série apresentada. CONCLUSÃO: Este estudo demonstra a aplicabilidade de gráficos de controle de séries temporais na análise da sazonalidade de diversos patógenos estudados nas ciências biomédicas, sendo a primeira vez que este método estatístico foi aplicado para avaliar a distribuição temporal de norovírus.

Palavras-chave : Séries Temporais; Variação Sazonal; Norovirus; Gastroenterite.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )