SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 número2Aspectos epidemiológicos e distribuição dos casos de infecção pelo Schistosoma mansoni em municípios do Estado de Alagoas, BrasilPerfil clínico-epidemiológico de pacientes portadores de tuberculose atendidos em uma unidade municipal de saúde de Belém, Estado do Pará, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Pan-Amazônica de Saúde

versão On-line ISSN 2176-6223

Resumo

ROSA, Raquel Hurtado-La et al. Atrasos na atenção materna e neonatal: avaliação qualitativa de mortes neonatais em estabelecimentos de referências do Ministério da Saúde no Peru. Rev Pan-Amaz Saude [online]. 2016, vol.7, n.2, pp.33-44. ISSN 2176-6223.  http://dx.doi.org/10.5123/S2176-62232016000200004.

INTRODUÇÃO:

Para acelerar a diminuição da mortalidade infantil é necessário enfrentar a mortalidade neonatal de maneira efetiva com implementação de intervenções oportunas e apropriadas.

OBJETIVOS: Identificar potenciais atrasos na atenção materna e neonatal por meio de uma avaliação qualitativa de recém-nascidos falecidos no período de julho a dezembro de 2011.

MATERIAIS E MÉTODOS:

Estudo qualitativo que incluiu 22 entrevistas em profundidade (EEP) a mães de neonatos falecidos no período do estudo, usando entrevista semiestruturada baseada no questionário padrão de autópsia verbal recomendado pela Organização Mundial da Saúde. A entrevista incluiu, ainda, perguntas para identificar atrasos na atenção seguindo o modelo das três demoras: a) na tomada da decisão na procura de atenção; b) na procura de atenção devido ao acesso limitado aos serviços de saúde; e c) na própria atenção nos serviços de saúde.

RESULTADOS:

A maioria dos atrasos foram verificados na atenção e associados a falhas nas principais práticas maternas e neonatais: avaliação do trabalho de parto, atenção no parto, diagnóstico do recém-nascido e manipulação do recém-nascido sadio e com complicações.

CONCLUSÃO:

O estudo identificou atrasos e falhas frequentes na atenção materna e neonatal nos serviços de saúde estudados e que requerem ações corretivas para a redução na mortalidade neonatal.

Palavras-chave : Recém-nascido; Mortalidade Neonatal Precoce; Causas de Morte; Pesquisa Qualitativa; Prevenção e Controle.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )