SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 número4Avaliação do risco de quedas e sarcopenia em idosos com doença pulmonar obstrutiva crônica atendidos em um hospital universitário de Belém, Estado do Pará, BrasilEstimulação multissensorial e cognitiva em idosos institucionalizados e não institucionalizados: estudo exploratório índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Pan-Amazônica de Saúde

versão impressa ISSN 2176-6223versão On-line ISSN 2176-6223

Resumo

PINTO, Amanda Fernandes et al. Estado nutricional e alterações gastrointestinais de pacientes hospitalizados com HIV/aids no Hospital Universitário João de Barros Barreto em Belém, Estado do Pará, Brasil. Rev Pan-Amaz Saude [online]. 2016, vol.7, n.4, pp.47-52. ISSN 2176-6223.  http://dx.doi.org/10.5123/s2176-62232016000400006.

O objetivo deste estudo foi avaliar o estado nutricional e as alterações gastrointestinais dos pacientes internados com HIV/aids no Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB) em Belém, Estado do Pará, Brasil, acompanhados de maio a agosto de 2014. A amostra foi composta por pacientes internados na Clínica de Doenças Infecciosas e Parasitárias do HUJBB, de ambos os sexos, na faixa etária entre 20 e 59 anos, dos quais foram coletados dados antropométricos, como índice de massa corporal (IMC), circunferência do braço (CB) e prega cutânea tricipital (PCT); e alterações gastrointestinais (náusea, vômito, diarreia, distensão abdominal e monilíase oral). A amostra foi composta de 46 pacientes, a maioria do sexo masculino e procedente de Belém. Foi encontrada desnutrição por meio da avaliação pelo IMC (54,3%), CB (78,3%) e PCT (91,3%). De acordo com as alterações gastrointestinais citadas pelos pacientes com HIV/aids, revelou-se, no estudo, que a maioria apresentava náusea (54%), seguida por distensão abdominal (52%) e vômito (50%). Uma menor parte, embora expressiva, de pacientes relatou também presença de diarreia (46%) e monilíase oral (46%). É comum em pacientes com HIV a presença de sintomas gastrointestinais, principalmente em decorrência de doenças oportunistas, que são motivos de internação frequente desses pacientes. A avaliação nutricional imediata, nesse grupo de pacientes hospitalizados, é indispensável para diagnosticar possíveis riscos de desnutrição e presença de sintomas gastrointestinais que interferem diretamente e precocemente em seu estado nutricional, sendo um dos motivos das internações.

Palavras-chave : Estado Nutricional; HIV; Trato Gastrointestinal.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )