SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 número2Fatores de risco em contatos intradomiciliares de pacientes com hanseníase utilizando variáveis clínicas, sociodemográficas e laboratoriais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Pan-Amazônica de Saúde

versão impressa ISSN 2176-6223versão On-line ISSN 2176-6223

Resumo

COSTA, Allyson Guimarães da et al. Influência da infecção por Plasmodium vivax nos marcadores hematológicos e hepáticos em pacientes de um município da Região Amazônica brasileira. Rev Pan-Amaz Saude [online]. 2017, vol.8, n.2, pp.11-19. ISSN 2176-6223.  http://dx.doi.org/10.5123/s2176-62232017000200002.

OBJETIVO:

Avaliar as principais alterações hematológicas e dos marcadores hepáticos (AST e ALT) em pacientes infectados com Plasmodium vivax atendidos no Instituto de Medicina Tropical de Coari, estado do Amazonas, Brasil.

MATERIAIS E MÉTODOS:

Foram coletadas amostras de 77 pacientes infectados com P. vivax e de 58 indivíduos controle. O hemograma completo e as dosagens de alanina aminotransferase (ALT) e aspartato aminotransferase (AST) foram realizados na Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas. As análises estatísticas foram realizadas com o software GraphPad Prism v5.0.

RESULTADOS:

Foi observado que a maior parte dos pacientes, durante a coleta, apresentou como queixas mialgia (92%), fraqueza (87%), dispneia (84%), calafrios (75%) e febre (69%), além de terem tido um aumento nas concentrações das enzimas hepáticas AST e ALT. Em relação às características hematológicas, observaram-se leucopenia, plaquetopenia e diminuição significativa na concentração da hemoglobina globular média e no volume globular médio.

CONCLUSÃO:

Os resultados sugerem que a presença dessas alterações hematológicas e o aumento na carga parasitária não influenciaram o aparecimento de casos graves da doença; porém alterações nas concentrações de AST e ALT podem indicar comprometimento hepático. Além disso, as redes de interações entre os componentes avaliados na infecção por P. vivax podem ser utilizadas como ferramenta de prognóstico em estudos futuros.

Palavras-chave : Malária; Plasmodium vivax; Hematologia; Marcadores Hepáticos.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )