SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 número4Aspectos epidemiológicos das enteroinfecções bacterianas em menores de 5 anos de idade em Rio Branco, estado do Acre, BrasilPrevalência e diversidade molecular de adenovírus em crianças com gastroenterite aguda grave, em Belém, estado do Pará, antes e após a introdução da vacina contra rotavírus no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Pan-Amazônica de Saúde

versão impressa ISSN 2176-6223versão On-line ISSN 2176-6223

Resumo

LIRA, Maria Gabriela Sampaio et al. Ocorrência de Schistosoma mansoni no município de São Bento, Baixada Ocidental Maranhense, estado do Maranhão, Brasil. Rev Pan-Amaz Saude [online]. 2017, vol.8, n.4, pp.45-51. ISSN 2176-6223.  http://dx.doi.org/10.5123/s2176-62232017000400009.

OBJETIVO:

Verificar se existe relação entre a positividade para Schistosoma mansoni em moluscos Biomphalaria sp. e em humanos, em bairros do município de São Bento, estado do Maranhão, Brasil, a fim de determinar se a presença de um hospedeiro exerce influência sobre o outro.

MATERIAIS E MÉTODOS:

Moluscos Biomphalaria sp. foram coletados, em 17 bairros do Município, em seus criadouros naturais e analisados em laboratório quanto à eliminação de cercárias. Coletores universais foram entregues aos habitantes residentes em um raio de 50 m, próximo aos criadouros naturais de moluscos, para a aquisição de amostras de fezes humanas, que foram analisadas pelo método de diagnóstico Kato-Katz.

RESULTADOS:

A positividade em humanos, nos bairros Outra Banda, Porto Grande e Matriz, não esteve relacionada com a dos moluscos. Os casos de indivíduos positivos ocorreram em pescadores do sexo masculino.

CONCLUSÃO:

Um criadouro peridomiciliar nem sempre será o responsável pela existência de casos de humanos positivos residentes em sua proximidade, sendo necessário levar em consideração a rotina das pessoas infectadas.

Palavras-chave : Biomphalaria; Doenças Parasitárias; Esquistossomose mansoni; Saúde Pública.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )