SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número2Análise da mortalidade por homicídios no Recife-PE: tendências no período entre 1997 e 2006 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Epidemiologia e Serviços de Saúde

versão impressa ISSN 1679-4974versão On-line ISSN 2337-9622

Epidemiol. Serv. Saúde v.20 n.2 Brasília jun. 2011

http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742011000200001 

EDITORIAL

 

Rede de Formação de Recursos Humanos em Vigilância em Saúde: mostra da produção de seus egressos

 

 

Susan Martins Pereira; Elisete Duarte

Editoras Executivas

 

 

Nesta edição da Revista Epidemiologia e Serviços de Saúde, temos a satisfação de oferecer aos leitores os artigos produzidos pelos egressos dos Cursos de Mestrado Profissional em Vigilância em Saúde ofertados pela Universidade de Pernambuco (UPE) e pela Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), ambas em parceria com outras instituições. Os dois cursos de pós-graduação integraram a programação da Rede de Formação de Recursos Humanos em Vigilância em Saúde, uma das estratégias adotada pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde para a formação dos profissionais de saúde na área.

Três artigos selecionados para esta edição abordam a mortalidade por homicídios em municípios do Nordeste brasileiro. Barbosa e colaboradores discutem a mortalidade por homicídios no Município de Recife e, em outro artigo, as suas desigualdades segundo condições de vida. Chamam a atenção para a tendência de queda deste indicador, em especial, entre os homens de 30 anos ou mais, mantendo porém taxas ainda muito elevadas no município.1,2 Campos e colaboradores discutem o homicídio e o papel do processo de urbanização - não plane­jado - e de fluxos migratórios característico de municipio do interior de Pernambuco.3

Outros dois artigos abordam tendências da mortalidade por câncer de mama e de pulmão, em contextos dife­rentes. Pereira e colaboradores descrevem a mortalidade por câncer de mama e estimam os anos potenciais de vida perdidos (APVP) e os anos produtivos de vida perdidos (APrVP) com estas mortes. Eles avaliam o risco de morte pela doença - responsável por perdas significativas - no Rio Grande do Norte.4 Maciel e colaboradores analisam a tendência da mortalidade por câncer de pulmão em maiores de 50 anos de idade, em Pernambuco. Os resultados evidenciam diferentes tendências de mortalidade por esta causa nas mesorregiões do Estado e recomendam medidas efetivas de controle do tabagismo no Estado.5

Por seu turno, Magalhães e colaboradores descrevem a mortalidade entre os idosos no município de Recife e apontam a necessidade de intervenção na promoção de condições dignas de vida e envelhecimento para a população geral.6 Santos e Mattos também analisam as condições de vida e de saúde da população idosa, desta feita em um município do Ceará, discutindo a formulação e desenvolvimento de políticas públicas de saúde para este segmento da população.7

A ocorrência de eventos evitáveis, tais como os casos de sífilis congênita, denunciam falhas importantes na atenção pré-natal. Holanda e colaboradores, no município de Natal, e Melo e colaboradores, no município de Recife, exemplificam esta situação, onde um número elevado de casos da doença ainda acontecem associados principalmente às condições de vida ea falhas no pré-natal.8,9

O processo endêmico-epidêmico da meningite viral é abordado por Lima e colaboradores. Eles comparam as características do acometimento e destacam o padrão diferenciado da infecção e a necessidade de estabelecer medidas para a identificação da epidemia.10

O artigo de Filgueira e colaboradores aborda o atendimento antirrábico humano pós-exposição. Os resultados do estudo alertam para a necessidade de adesão às normas técnicas vigentes e à redução do uso desnecessário de intervenções terapêuticas.11

Castro e colaboradores analisam o uso de agrotóxicos em dois assentamentos de reforma agrária localizados em município do Estado do Ceará e apontam para a necessidade de reavaliação das políticas públicas, além da fragilidade do acompanhamento técnico e de fiscalização.12

Finalmente, Santos e Araújo caracterizam as dificuldades encontradas para a mudança de práticas alimentares de pessoas com diabetes mellitus tipo 2 atendidas em consultório de alta complexidade.13

Parabenizamos as intituições de ensino, coordenação, docentes e egressos dos cursos pela contribuição que os artigos trazem para o aprimoramento das ações, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Referências

1. Barbosa AMF, Ferreira LOC, Barros MDA. Análise da mortalidade por homicídios no Recife-PE: tendências no período entre 1997 e 2006. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S19-28.

2. Barbosa AMF, Ferreira LOC, Barros MDA. Homicídios e condição de vida: a situação na cidade do Recife, Pernambuco. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S39-48.

3. Campos MEAL, Ferreira LOC, Barros MDA, Silva HL. Mortes por homicídio em município da Região Nordeste do Brasil, 2004-2006 a partir de dados policiais. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S29-38.

4. Pereira MSLC, Ferreira LOC, Silva GA, Lúcio PS. Evolução da mortalidade e dos anos potenciais e produtivos de vida perdidos por câncer de mama, em mulheres, no Rio Grande do Norte, entre 1988 e 2007. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S7-18.

5. Maciel MGG, Ferreira LOC, Rodrigues CS. Tendência da mortalidade por câncer de pulmão em mesorregiões de Pernambuco entre 1996 e 2005. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S99-107.

6. Magalhães APR, Paiva SC, Ferreira LOC, Aquino TA. A mortalidade de idosos no Recife: quando o morrer revela desigualdades. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S49-58.

7. Santos MAB, Mattos IE. Condições de vida e saúde da população idosa do Município de Guaramiranga-CE. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S59-67.

8. Holanda MTCG, Barreto MA, Machado KMM, Pereira RC. Perfil epidemiológico da sífilis congênita no Município de Natal, Rio Grande do Norte - 2004 a 2007. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S69-78.

9. Melo NGDO, Melo Filho DA, Ferreira LOC. Diferenciais intraurbanos de sífilis congênita no Recife, Pernambuco, Brasil (2004-2006). Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S79-88.

10. Lima AAF, Melo Filho DA, Ferreira LOC, Alencar AP. Descrição do processo endêmico-epidêmico da meningite viral no Recife entre 1998 e 2008. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S89-98.

11. Filgueira AC, Cardoso MD, Ferreira LOC. Profilaxia antirrábica humana: uma análise exploratória dos atendimentos ocorridos em Salgueiro, PE, no ano de 2007. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S109-120.

12. Castro MGGM, Ferreira AP, Mattos IE. Uso de agrotóxicos em assentamentos de reforma agrária no Município de Russas (Ceará, Brasil: um estudo de caso. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S121-130.

13. Santos AFL, Araújo JWG. Pratica alimentar e diabetes: desafios para a vigilância em saúde. Epidemiologia e Serviços de Saúde 2011; 20 Supl. 1 S131-139.